"As experiências que temos na vida é nossa evolução espiritual"

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

TE AGRADEÇO CABOCLO

Hoje iremos falar sobre um guia da linha cabocla, ou melhor, agradecê-lo.
Guia, mensageiro, caboclo, como quiser chama-lo, ele não se importa com “rótulos”. Sempre que precisar é só mentalizar nele, que logo uma luz irradiará todo seu ser e ele estará aí, espiritualmente na sua frente para auxiliá-lo.
Aprendemos que muitos guias antes de se dedicarem a ajudar o próximo, tiveram uma passagem terrena. Com ele não foi diferente.
Não sabemos muito sobre suas vidas passadas, mais sabemos que uma dela foi muito especial. Missionário, abdicou sua vida para cumprir uma missão maior do que era designado, salvar uma tribo indígena.
Quem disse que não temos uma missão na Terra?
Veja o exemplo desse mensageiro. A missão dele começara na Terra, porém, ela era bem maior. Ele estava sendo preparado pelo Pai Oxalá para que quando chegasse a hora, sua luz, que um dia iluminou aquela pequena tribo, expandiria para todos os horizontes e suas sábias palavras alçariam os picos mais altos.
Luz, paz, sabedoria, Ele nos mostrou que a Umbanda é muito mais do que uma religião. Que ajudar a quem precisa não é martírio, e sim, uma obrigação. Que a fé ultrapassa qualquer barreira, e que todos tem uma missão e carregam sua própria cruz.
Mas permitam-me, todos que escutam atentamente essas simples palavras. Pedindo permissão a esse guia, estendo minha gratidão.
Como poderia eu, falar desse mensageiro, sem lembrar de seu médium. Com certeza, essa foi uma das maiores missões que ele recebeu do mundo espiritual.
A sabedoria dele com a humildade desse médium formam a mais pura razão do que é a Umbanda.
Juntos atingem altos patamares da espiritualidade, e como uma mãe abraça um filho, abrem os braços para nos ajudar a ultrapassar os desafios da vida terrena.
Com um tom de comoção e repleto de felicidade por ter a honra de ter essas luzes nos guiando aqui nesse templo, agradeço:
Obrigado guia protetor, mensageiro da paz, nosso mentor espiritual...
Obrigado Mãe...

Saravá o Caboclo Guará!

domingo, 21 de janeiro de 2018

SALVE SENHOR OXÓSSI - DIA 20 DE JANEIRO

A Umbanda é a expressão do sincretismo ocorrido no Brasil em razão da perseguição religiosa aos cultos africanos. Por reunir elementos africanos, espiritualistas e cristãos, a figura de Oxóssi pode aparecer, muitas vezes, misturada à figura católica de São Sebastião, nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e estados do demais centro-sul do Brasil, e São Jorge, no estado da Bahia
Quando sincretizado com São Sebastião, seu dia é comemorado em 20 de janeiro. Oxóssi é conhecido como o senhor das matas e patrono da linha dos caboclos. Sua cor é o verde, representando as matas das quais é o senhor absoluto.
Na Umbanda também é conhecido como o caçador, mas não de animais e sim, de almas e de homens, sendo a catequese seu maior objetivo. No aspecto espiritual, Oxóssi é conhecido por aliar a força com o bom senso, essas características emanam de Oxóssi que se manifesta nos trabalhos de Umbanda, principalmente na manifestação dos caboclos e suas falanges. De Oxóssi emana a altivez que encoraja a todos os seguidores da Umbanda, transmitindo grande segurança aos nossos cultos.

Linha dos Caboclos
A linha de Oxóssi é famosa por ser a linha da grande maioria dos Caboclos. Dessa linha provêem uma força de grande poder que vem diretamente de Oxossi.                               
Os Caboclos, seus enviados ao nosso plano físico, são hoje conhecidos como os caçadores e catequizadores de almas. Deles veem o sentimento e a força para lutar e vencer qualquer situação.                 
Os Pretos Velhos também evocam Oxóssi em seus trabalhos nos terreiros e utilizam essas mesmas energias em seus trabalhos.                                     
A grande maioria dos trabalhadores da linha de Oxóssi é formada pelos nossos índios, tais como os Tupis, os Guaranis, os Tapuias, os Xavantes, os Caetés, algumas nações de índios norte americanos e também guerreiros africanos. Todos grandes guerreiros que combatem e desmancham trabalhos de feitiçaria e magia negativa

São Sebastião
De acordo com Actos apócrifos, atribuídos a Santo Ambrósio de Milão, Sebastião era um soldado que teria se alistado no exército romano por volta de 283 d.C. com a única intenção de afirmar o coração dos cristãos, enfraquecido diante das torturas. Era querido dos imperadores Diocleciano e Maximiliano, que o queriam sempre próximo, ignorando tratar-se de um cristão e, por isso, o designaram capitão da sua guarda pessoal, a Guarda Pretoriana. Por volta de 286, a sua conduta branda para com os prisioneiros cristãos levou o imperador a julgá-lo sumariamente como traidor, tendo ordenado a sua execução por meio de flechas (que se tornaram símbolo constante na sua iconografia). Foi dado como morto e atirado no rio, porém, Sebastião não havia falecido. Encontrado e socorrido por Irene (Santa Irene), apresentou-se novamente diante de Diocleciano, que ordenou então que ele fosse espancado até a morte. Seu corpo foi jogado no esgoto público de Roma. Luciana (Santa Luciana, cujo dia é comemorado em 30 de Junho) resgatou seu corpo, limpou-o, e sepultou-o nas catacumbas.

Que entoem os atabaques, que a alegria invada nossos corações, pois hoje é dia do Caçador de almas, hoje é o dia do Caçador de uma única flecha, hoje é dia do Caçador do dia e da noite, pai de todos os Caboclos, hoje é o dia de nosso PAI OXÓSSI!

                                                                   
                                               

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

ORIXÁ REGENTE DE 2018

No ano de 2018 os Orixás regentes serão: Pai Xangô que regerá intensamente por todo ano, será um ano de busca de justiça, e cobrança por essa justiça. Junto com Nanã que trará renascimento e retidão, o ano virá para concluir ciclos antigos e iniciar novos ciclos sobre a Terra. E terão como companhia a partir do mês de junho Iansã, o ano passará tão
rápido quanto o ano de 2017, que tinha a velocidade da flecha de Oxossi, isso porque os ventos de Iansã soprarão com mais força,  seus raios riscarão os céus, dando a  impressão que o tempo passará bem rápido.
O ano de 2018 tem a influência do planeta Júpiter, é um ano de elemento Terra.
Essa não é uma combinação nada comum: Xangô, Orixá de fogo, da agitação, com Nanã um orixá de Terra, lento e sensato, e com Iansã vindo no segundo semestre do ano, teremos um ano bem agitado e, como já dito muito rápido, Iansã é uma Orixá guerreira . Mas as circunstâncias planetárias tiveram a necessidade de associação desses 3 orixás: a urgência pela estabilidade e segurança de Nanã, com a justiça de Xangô e a agilidade de Iansã.

O ano de Pai Xangô é bem mais claro, correto e realista, ano que devemosolhar para dentro do nosso próprio, e tentar mudar nossos erros.
Será um ano um tanto difícil para todo o planeta, e a recomendação é “Orai e Vigiai”, e assim melhorarmos como pessoa, e colhermos os frutos desse ano da justiça. Muitas verdades escondidas aparecerão, muitas pessoas serão desmascaradas, e muitas dessas pessoas buscarão a anarquia para tentar se defender. No ano de Xangô todos seremos julgados, que seja pelo pequeno ato falho ou pela grandeza da perversidade, independente disso, todos seremos, e cada um de nós receberemos a condenação merecida por nossos atos e ações.
Apesar de ser um orixá do fogo, Xangô também não é muito rápido. É meticuloso com a justiça e por vezes acaba sendo lento e burocrático. Mas, uma vez decidido, não há recurso, e a justiça é feita.

Com Nanã, o ano de 2018 será mais estável, mais seguro, com maiores esforços para a concretização de entendimentos.
O elemento terra é o elemento que dá mais calma, segurança, que traz o sentimento de “pé no chão” para as pessoas. É um ano de maior segurança e cautela, um bom ano para investimentos, para criar bases fortes e expandir ideias e criatividade com muito bom senso.
Nanã virá trazendo a reconstrução que a Terra precisa, mas de forma lenta. Ela é criteriosa, é o orixá da sabedoria e só faz as coisas quando se sente segura. Portanto, as mudanças e reconstruções podem não ser tão rápidas quanto desejamos. Durante o primeiro semestre do ano, sentiremos que as mudanças vão andar em passos lentos, vagarosos. Será preciso muita paciência, as mudanças serão mais perceptíveis no 2º semestre com a chegada de Iansã.

Iansã é uma Orixá guerreira, ela deseja que todos sejam guerreiros também, lutando contra as injustiças, contra o desânimo,contra o comodismo. Portanto busquem ser mais objetivos e batalhadores pelas  próprias causas. O ano de 2018, tendo também a influência de Iansã,
será um ano extremamente quente, e todos sentirão bastante isso, e não só no que se diz a temperatura, mas a temperatura dos ânimos pessoais.


Em 2018 devemos manter nossa fé ativa, buscar fazer sempre o bem, sermos fiéis as nossas convicções, pois sabemos que o ano de Xangô é um ano justiceiro. Pai Xangô tem como símbolo seu machado de dois gumes, devemos entender que esse ano será um período de justiça para os dois lados, portanto aquele que faz o bem com amor e honestidade, receberá o bem da mesma forma, porém aqueles que não forem corretos serão cobrados de uma forma extrema.

Que Deus abençoe esse Novo Ano de muitas lutas que com muita dedicação, teremos muitas conquistas.
Que Pai Xangô, Nanã Buruquê e Mãe Iansã nos deem um caminho de luz nessa nova jornada, nos protegendo por todo ano de 2018.

SÃO JERÔNIMO
XANGÔ


SANT'ANA           NANÃ



SANTA BARBARÁIANSÃ




  

domingo, 29 de outubro de 2017

MARIA ANGÉLICA CARMINATTO

FILHA E IRMÃ DE FÉ...QUE DEUS VOS ACOLHA EM SEUS BRAÇOS

“A morte não é nada. 
Eu somente passei para o outro lado do Caminho.
Eu sou eu, vocês são vocês.
O que eu era para vocês,eu continuarei sendo.
Me dêem o nome que vocês sempre me deram,
falem comigo como vocês sempre fizeram.
Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas,
eu estou vivendo no mundo do Criador.
Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir
daquilo que nos fazia rir juntos.
Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.
Que meu nome seja pronunciado como sempre foi,
sem ênfase de nenhum tipo.
Sem nenhum traço de sombra ou tristeza.
A vida significa tudo o que ela sempre significou,
o fio não foi cortado.
Porque eu estaria fora de seus pensamentos,
agora que estou apenas fora de suas vistas?
Eu não estou longe, apenas estou
do outro lado do Caminho…
Você que aí ficou, siga em frente,
a vida continua, linda e bela como sempre foi.”
Santo Agostinho

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

ATOTÔ ABALUAÊ

Dia 16 de agosto é o dia consagrado à Abaluaê, o senhor da terra, o Orixá da cura, da saúde e também das doenças. É sincretizado com São Roque do catolicismo.

são roque
Oração a São Roque

Ó São Roque, tu que deixaste a tranquilidade do lar e foste socorrer os doentes. Não recuaste nem mesmo diante da peste e da morte. Lembra-te de nós e socorre-nos com igual amor. Defende as nossas criações da peste e da doença.
Dá-nos saúde, paz na família e espírito comunitário. Fortalece em nós a fé e a esperança, na presença de Deus que nos encoraja, na construção de um mundo humano e justo. Concede-nos estas graças, pelos méritos de Jesus Cristo, com o qual partilhaste a dor e o sofrimento e que agora vive com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 
              Amém!


Oração a Abaluaiê


Resultado de imagem para abaluaiê um reiAbaluaiê vós peço perdão e a vossa bênção, Atotô Meu Pai!
Em sua misericórdia infinita, dai-me a saúde plena!
Ajuda a curar as doenças e dá alívio as dores carnais e espirituais,
Pai Amado, Atotô!
Afasta de mim aqueles que desejam a destruição de minha saúde
e minha devastação espiritual e dá-me forças para vencê-los em espírito, Meu Pai.                                                                        
Mantenha-me forte e firme nos caminhos difíceis da vida!                       Atotô Abaluaê!



Atotô Abaluaê, atotô babá
Atotô Abaluaê, atotô babá

Vem das águas, de Oxalá
Dessa a mágoa que me dá
Ela aparecia o dia
Ao romper da escuridão,
Linda no seu manto todo branco em meio a procissão,
E eu que ela nem via ao Deus pedia amor e proteção.

Meu Pai Oxalá é o rei venha me valer
Meu Pai Oxalá é o rei venha me valer
O velho Omulu, Atotô Baluaê
O velho Omulu, Atotô Baluaê

Que vontade de chorar,
No terreiro de Oxalá,
Quando eu dei com a minha ingrata,
Que era filha de Iansã,
Com a sua espada cor de prata em meio a multidão,
Cercando Xangô num balanceio cheio de paixão.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

30º ANIVERSÁRIO DO TEMPLO DE UMBANDA MENSAGEIROS DE OXALÁ - TUMO - FOTOS

                                                   

                                                     
                                            
                                              
                                                     
                                                     




                                                   





                                                           















segunda-feira, 14 de agosto de 2017

30º ANIVERSÁRIO DO TEMPLO DE UMBANDA MENSAGEIROS DE OXALÁ - TUMO

Esse ano na comemoração do 30º aniversário, usamos com tema os pilares da Umbanda. 
Iniciamos como a explicação:
PILARES DA UMBANDA

A Umbanda tem quatro pilares que alicerçam sua fundação, são os mesmos pilares que devem sustentar a vida de cada umbandista: Religião, Ciência, Filosofia e a Arte.

A RELIGIÃO: É uma fé, uma devoção a tudo que é considerado sagrado, e é a mais vista e lembrada quando se fala em Umbanda, pois todo mundo já ouviu falar em um terreiro, todos sabem da existência de seus rituais. A Religião seria a porta de entrada para o Universo Espiritual guiada pelos pretos-velhos. Eles são a força, a resignação, a sabedoria, a humildade que transformada em amor e caridade. 

A CIÊNCIA: É conhecimento atento e aprofundado da Religião, esse conhecimento como informação, noção precisa, consciência, conhecimento amplo adquirido pela reflexão e experiência. É o conhecimento necessário para se viver, tanto na matéria quanto no espírito. A Umbanda mostra e comprova a nossa realidade e as coisas do plano espiritual. É o povo d’água, representado em nosso Templo por Mamãe Oxum que traz todo o conhecimento necessário para preparação na parte material quanto na contraparte astral e espiritual.

A FILOSOFIA: É o amor pela sabedoria, é o modo que devemos viver, quando se entra na RELIGIÃO e se adquire um pouco de sua CIÊNCIA, a FILOSOFIA vem ao natural. Muitas pessoas depois que conheceram a doutrina Umbandista, mudou sua maneira de ver as pessoas, as coisas e a vida. E os caboclos nos trazem essa Filosofia, por serem espíritos de muitas virtudes espirituais, tais como: a determinação, a lealdade, a honestidade, o amor à Natureza e aos seres existentes.

A ARTE: É a habilidade e disposição dirigida para a execução de com uma finalidade prática para matéria e ao mesmo tempo para o espírito, sempre de forma consciente, controlada e racional. Esse pilar é representado também nos outros três pilares, pois a Arte é como a Religião, a Ciência e a Filosofia se fazem participante em nossas vidas. E é a linha das Crianças com amor e alegria nos transmitirem esses conhecimentos e sentimentos.

Para se tornar uma boa pessoa, um bom Umbandista deve: entender, compreender e praticar os ensinamentos equilibrados desses quatro pilares.  Essa é a Umbanda que praticamos.


Lembrem-se: não sejam Umbandistas apenas dentro do Templo, a Umbanda deve ser como o ar, se faz presente em todos os lugares; a Umbanda deve ser como a água, sempre  transpõe os obstáculos; a Umbanda deve ser como a terra, dá a sustentação aos nossos passos e a Umbanda deve ser como o fogo, aquece nossos corações e ilumina nossos pensamentos.



HOMENAGEM AO PRESIDENTE DO TUMO
Vladir Terentin

Um dia na espiritualidade superior, alguns espíritos se reuniram e sonharam com um local onde o amor, a fé, a caridade e a humildade fossem os pilares de um lindo trabalho espiritual.
Os guias de luz conspiraram para que tudo desse certo, e reunidos com algumas pessoas aqui na terra com os mesmos ideais, tornaram o que era ainda um sonho em realidade. Assim surgia nosso lindo terreiro.
Foi esta Umbanda, com estes princípios e pilares que encontramos nesse local e aprendemos a amar.
Mais hoje estamos aqui para prestar nossa pequena homenagem também, a ele, que é conhecido pela linha das crianças como “tio bravo”, e pensando bem, elas têm um pouco de razão. Ele fala o que vem na mente e na maioria das vezes sem muitos rodeios. As suas broncas sempre tem fundamento, e a gente reza pra não levar uma, porque digamos que, suas palavras nem sempre são tão sutis quando ele está bravo. Mais por mais que doa, lá no fundo, sabemos que tem lá suas verdades, mesmo que ainda não sejamos capazes de admitir.
Ele cobra, ah, e cobra mesmo! Ele sempre diz que não é o tamanho da casa que faz a diferença na espiritualidade e sim o tamanho do amor que habita nesta casa, Não é o congá mais lindo que faz com que a força dos Orixás e Guias realize as curas ou melhoras das pessoas, mais sim, o tamanho do comprometimento dos médiuns que fazem parte da corrente.
E tão grande quanto sua cobrança, está seu amor incondicional por cada filho dessa casa.
Quem o conhece bem sabe, que por de trás dessa armadura séria e imponente, existe um coração gigantesco, um coração que abraça com a alma.
E hoje, no trigésimo aniversário do nosso terreiro não poderíamos deixar de homenagear, pois ele representa o nosso quinto pilar, o nosso pilar material, aquele que nos dá a estrutura para conseguirmos trabalhar com os nossos guias, ele é o elo que nos une a nossa família espiritual.
Sua presença é e sempre será importante para nós e para este terreiro. (Renata e Junior)




O que falar para uma pessoa tão vivida? Aceitar o desafio para fazer essa homenagem é uma honra para mim, mas não é fácil. Pois, como tentar falar em poucas palavras o que uma pessoa representa em nossas vidas!
Mas, vamos lá...acho que consigo resumir...Uma pessoa que leva a vida com seriedade e que passa através do seu estilo de vida, que para viver é preciso lutar, è lutar para conquistar os objetivos constantementes em nossas vidas. è lutar para conseguir emprego, trabalhar bastante, construir família e cuidar, E acima de tudo, proporcionar um lar com dignidade, amor, fé em Deus, união, fortaleza...
Tudo isso resume o significado de uma pessoa do bem, que por detrás de um semblante muitas vezes sério, e como dizem as crianças, entidades de luz, é o "tio bravo". Mas, dentro desse "tio bravo" existe uma pessoa sensível e com um coração gigante. Aquele que não mede esforços para estender a mão e ajudar o próximo.
Eu estou aqui no centro há aproximadamente oito anos e hoje posso dizer que sempre me senti parte dessa família. Uma família que Deus me proporcionou escolher e que me recebeu tão bem.
A pessoa que estou fazendo essa homenagem é o Sr. Vladir, que preza por nós, preza por essa família, que preza por nossa missão. Obrigada Sr. Vladir por nos receber como parte de sua família, obrigada por ser nosso exemplo de superação e luta, obrigada por tudo!
Esse ano será o primeiro que não poderei abraçar o meu pai nesse Dia dos Pais, e como o grande Pai dessa família, fica o meu forte abraço e parabéns pelo seu dia!
Aproveito para estender essa homenagem a Desirê e repito todas essa palavras, por ser tão grande e especial para nós, Em nome dessa grande família, deixo aqui o nosso Muito Obrigado!!! Arlete




Hoje é um dia especial, dia de comemoração! E esse ano, com um motivo a mais a ser celebrado, a vida.
Em especifico a vida de uma pessoa muito iluminada, que com seu jeitinho amoroso e enérgico, bravo e bondoso vem sendo um dos alicerces e responsável por esses trinta anos do TUMO, o Sr. Vladir. Falando especificamente de mim, a pessoa que me guiou quando eu não tinha muitas certezas, puxou minha orelha quando eu precisei, que cuidou do meu coração quando ele doía, que acolheu minha família como sendo a dele e me deu carinho e amor em todos esses e em muito outros momentos.
Sabemos que esse ano, foi um ano de muita luta para você , sua família e para todos aqueles que o amam, ou seja, todos nós, mas mais uma vez você conseguiu, não só superar seus obstáculos como nos deixar mais um ensinamento:"sempre confiar e seguir com fé".
Falar de alguém que admiramos é sempre muito fácil, então poderia colocar aqui todos os adjetivos que existem para expressar minha admiração e para que, quem te conhece tão bem, possa saber o quão especial você é, porém acredito que não é necessário pois no meu abraço você pode perceber o tamanho do meu carinho, e só a luz que você irradia já fala por si só sobre quem você é. Então hoje vim apenas agradecer:
- Á você por ser uma das pessoas responsável por mudar o rumo da minha vida, me ensinar o quanto é bom se doar à um propósito e ao mesmo tempo quanta responsabilidade isso nos cabe, afinal com você aprendi que a Umbanda é mais que uma religião e sim uma  doutrina de vida e ganhei mais uma família, esta que todos estão vendo aqui em cima.
- E a Deus e nosso Pai Oxalá por dois motivos:
* Por poder encontrá-lo em meu caminho e tê-lo na minha vida;
* Neste ano em específico, pela imensa alegria em te ver bem novamente, sorrindo e saudável.
Enfim, Sr, Vladir para resumir, tudo fica muito estranho sem você por aqui!
Acho que precisamos de umas bronquinhas para sermos felizes, viu?
Parabéns, pela sua vitória e principalmente por ser você na sua essência. Com carinho, Carolina


Gostaria de ser um pouco mais culta em minhas palavras, mas não seria Eu!
Hoje esta linda homenagem é sobre os quatro pilares da Umbanda. Em especial, vou traduzir esse sentimentos, agradecendo pelos seus ensinamento, Sr, Vladir.
Fé! Quanta força! Quanta determinação, você acreditou. É como assinar uma folha em branco e deixar que Deus, nela escreva o que quiser.
Você faz Fé: você acreditou e nos ensinou a acreditar. Você dá Fé: com muita verdade. Você é de boa Fé: honesto e nunca quebra um compromisso.
Esperança! Com a ingenuidade de uma criança, brota a esperança em nossos corações. Com a confiança de que algo bom sempre acontecerá.
Humildade! Com toda sua sabedoria, com os olhos cheios de lágrimas, nos ensina a pedir desculpas sempre...
Com toda sua simplicidade aceita que tem muito que aprender.
O Amor! Ele supera qualquer obstáculo, é o sentimento mais puro que nosso Pai ensinou. E com muito amor:
Obrigada pelo Amor...Obrigada pela Fé...Obrigada pela Esperança...Obrigada pela Humildade. Valéria